PRINCIPAIS REGIÕES ATENDIDAS > SÃO PAULO, RIO, CAMPINAS e REGIÃO

Entenda como o monitoramento de riscos de Segurança Corporativa é indispensável

Um dos principais objetos do serviço terceirizado de Segurança Corporativa é o monitoramento de riscos. Sem identificar e analisar sob quais riscos uma corporação deve estar submetida, a proteção de um patrimônio não é feita de modo eficiente.

Segurança Corporativa Haganá

Logo, entende-se como risco toda e qualquer ocorrência que comprometa a segurança privada de uma empresa e das pessoas que circulam por ela. 

Em suma, os ambientes corporativos podem estar expostos a riscos atuais e futuros, relacionados aos aspectos comerciais, operacionais e físicos do empreendimento. 

Contudo, em qualquer um desses riscos, a estratégia de segurança corporativa se faz importante e é sobre que vamos abordar neste post do Grupo Haganá!

O que são os riscos da Segurança Corporativa?

Os riscos da Segurança Patrimonial são facilmente identificáveis quando determinados eventos causam danos ou prejuízos às empresas. Então, tais riscos podem ser classificados em diferentes categorias, como veremos a seguir.

Tipos de riscos envolvidos na segurança empresarial

Os riscos mais comuns e frequentes pelos quais os ambientes corporativos podem ser afetados são:

Riscos Institucionais

Em resumo, esses riscos abrangem perdas financeiras, falência e fechamento das empresas, perda de contratos, prejuízos à imagem e à marca e perda de reputação. 

Riscos Operacionais

Os riscos operacionais estão relacionados às incertezas da estrutura empresarial, sendo eles acidentes ambientais, incêndios e acidentes com colaboradores. 

Além disso, estão nesta categoria os acidentes com visitantes e fornecedores, afastamento de funcionários e interrupção no abastecimento de energia. Bem como acidentes com veículos da empresa, dentre outros.

Riscos Sociais

São ameaças envolvendo assédio moral, sexual, suborno, chantagem e agressão dentro do ambiente laboral. Da mesma forma, são considerados riscos sociais os seguintes aspectos:

  • Insatisfação profissional
  • Consumo de drogas dentro do espaço laboral
  • Greves de fornecedores e prestadores de serviço
  • Greves na corporação

Riscos de crimes contra o patrimônio

Neste tipo de risco, algumas ações devem estar inseridas, dentre elas estelionato, fraude, danos à propriedade, apropriação indébita e espionagem industrial. Certamente, estão incluídos outros tipos de riscos, considerados crimes:  

  • Terrorismo
  • Furto simples ou qualificado
  • Homicídio
  • Furto ou assalto
  • Sabotagem

Para evitar e sanar cada um desses riscos, é necessário que se faça o monitoramento de riscos. 

Nesse tipo de gestão, especialistas de segurança devem  identificar, analisar riscos e implementar ações planejadas e integradas de segurança corporativa, com a finalidade de cada vez mais evitar ou mitigar possíveis ameaças internas e externas de qualquer natureza.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e tire dúvidas enviando mensagens para os especialistas do Grupo Haganá, especialista em segurança corporativa

Avalie este post!
Fechar Menu
Google ads