Google ads

Uso correto de clausuras em condomínios

Uso correto de clausuras em condomínios

O uso de eclusa nos condomínios é cada vez mais frequente, isso porque à medida que os índices de crimes contra o patrimônio crescem, consequentemente a necessidade de segurança também.

Esse sistema de segurança foi criado para contribuir em um controle de acesso mais eficaz, sem que haja o contato físico com vigilantes ou outros usuários, antes da devida liberação. A seguir, entenda melhor o que é uma clausura e veja a forma correta de utilizá-la no condomínio.

O que é eclusa?

A eclusa é um sistema de segurança de duas barreiras, geralmente constituído por dois portões que tem como objetivo proporcionar um processo individual de acesso e saída do condomínio. Utilizada tanto no acesso de pedestres, quanto de veículos, a eclusa além de evitar a entrada de pessoas não autorizadas, também diminui o risco de invasões e assaltos no local.

Como a eclusa deve ser utilizada?

O atendimento na eclusa deve seguir regras previamente estabelecidas de controle de acesso das quais os profissionais, sejam vigilantes ou porteiros, recebam treinamentos específicos e que todos os moradores conheçam a importância de segui-las.

Basicamente, após a identificação, o primeiro portão é aberto, o indivíduo entra e o portão é fechado, deixando a pessoa “enclausurada” até que o acesso seja liberado e o segundo portão seja aberto para que a pessoa entre ou saia do condomínio, ou seja, uma barreira só é aberta quando a outra é fechada.

Importante: para que este ambiente funcione sem falhas, é necessário ter um sistema automatizado de intertravamento, que faz os portões atuarem em segurança, evitando assim que os dois portões permaneçam abertos.

A eclusa em condomínios deve ser utilizada corretamente e ser sempre fiscalizada. Por isso, são indispensáveis vistorias frequentes e orientação aos condôminos sobre sua utilização.

Gostou dessas dicas sobre a importância do sistema de eclusa em condomínios? A Haganá tem diversas outras soluções para melhorar ainda mais o controle de acesso, uma delas é a Portaria Remota.

Portaria Remota Haganá

A Portaria Remota é responsável pelo monitoramento da entrada e saída de pessoas e veículos de ambientes através de câmeras posicionadas em lugares estratégicos. No caso de visitantes, ao chegar no local, o mesmo deve acionar o interfone e aguardar ser atendido pela Central da Portaria Remota. Depois que a identificação do visitante é feita, o responsável é informado para aprovar ou não à solicitação de entrada. Em caso de aprovação, o operador libera remotamente o acesso.

O mesmo processo ocorre em casos de liberação de veículos. Para que seja feita a aprovação, é analisada a placa do carro e a identidade do motorista. O uso de vídeo analítico pode ser utilizado para alertar a central da entrada de pedestres juntamente com um veículo autorizado.A Portaria Remota da Haganá é monitorada por profissionais 24h por dia através das imagens do sistema de CFTV e proporciona vantagens significativas para a proteção do empreendimento. Saiba mais sobre essa solução, clique aqui.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Como apontamos em artigo anteriormente, a segurança colaborativa é um conceito que pode ser resumido
O controle de acesso é uma preocupação existente em todos os condomínios, sejam eles residenciais
Quando seus clientes entram na empresa, a primeira coisa que acontece é o contato direto
SOLICITE UMA PROPOSTA