Google ads

O que é segurança colaborativa?

O que é segurança colaborativa?

O conceito de segurança colaborativa pode ser resumido como um conjunto de ações para unir a sociedade em prol de medidas de vigilância em comum, visando à prevenção e redução dos índices de criminalidade. A iniciativa consiste em unir os moradores de uma determinada região e conscientizá-los que a solidariedade entre os vizinhos é uma ferramenta efetiva de policiamento e segurança para todos.

Uma iniciativa disruptiva em prol da sociedade

Em muitas cidades, é possível observar em ruas e bairros faixas indicando que  a região conta com Segurança Colaborativa. Isso tem se tornado cada vez mais comum ao passo que a internet se populariza, bem como a utilização de dispositivos móveis. Ou seja, é uma “rede de proteção” que vem se ampliando e gera benefícios para todos.

Como é feita a segurança colaborativa?

Em resumo, ela é um conjunto de ações e medidas de vigilância que envolve a sociedade. Atualmente, já existem alguns projetos que convocam os moradores de um bairro ou região para compartilharem seus circuitos de vigilância. E assim, é possível ampliar e fortalecer a rede de monitoramento do local.

Nela, são usadas ferramentas que permitem o acesso remoto às câmeras de segurança corporativas e residenciais. Tudo feito com a autorização dos moradores. Essa tecnologia também ajuda na filtragem, análise e interpretação das imagens por parte do poder público.

Frente aos crescentes níveis de insegurança e criminalidade, existem diversos instrumentos presentes no mercado que atuam de forma a incentivar a integridade das pessoas em locais específicos. Também existem propostas que unem iniciativas das diferentes esferas da população, como o City Câmera, da prefeitura de São Paulo, que convocou os moradores da cidade para compartilhar seus circuitos de vigilância no intuito de fortalecer a rede de monitoramento do município.

Funciona? 

A iniciativa deve estar integrada tanto ao sistema público de segurança quanto a empresas terceirizadas de segurança, pois estas são quem oferecem os principais suportes tecnológicos e possuem todo o respaldo legal para atuar com proteção de bens patrimoniais e de vidas humanas.

Entretanto, iniciativas como a integração de câmeras na vizinhança, compartilhamento de imagens e monitoramento em conjunto das imagens disponíveis certamente são medidas que podem contribuir para melhorar a segurança de um condomínio. Achou interessante o conceito de segurança colaborativa e quer saber como você pode aplicá-la em sua região? Entre em contato com a Haganá para conhecer mais sobre o assunto e saber como integrar essas medidas às soluções que a Haganá oferece para melhorar a sua segurança, da sua família e dos seus negócios.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

A importância de um controle de acesso eficiente

O controle de acesso é decisivo na segurança corporativa e na segurança de um empreendimento. Administradores de condomínios, síndicos e .

Como ter uma segurança colaborativa com os vizinhos?

Como apontamos em artigo anteriormente, a segurança colaborativa é um conceito que pode ser resumido em um conjunto de ações .

Segurança Corporativa Haganá
Entenda como o monitoramento de riscos de Segurança Corporativa é indispensável

Um dos principais objetos do serviço terceirizado de Segurança Corporativa é o monitoramento de riscos. Sem identificar e analisar sob .

SOLICITE UMA PROPOSTA