Segurança corporativa: conheça os principais recursos tecnológicos

A tecnologia é uma aliada importante na prevenção de riscos. A cada dia, os recursos de segurança disponíveis são melhorados, otimizando sua aplicação. Atualmente, temos diversos equipamentos que apoiam as mais diversas atuações da equipe de segurança corporativa.

segurança corporativa

São equipamentos de controle de acesso, monitoramento externo (central remota), visibilidade, contenção, bloqueio, anti-arrastão, rastreamento, avisos sonoros e outros recursos que visam impedir ações maliciosas no perímetro da empresa.

Tantos nomes e siglas podem te deixar confuso, então vamos esclarecer os principais recursos da tecnologia que auxiliam nos principais pontos de atenção dentro de um projeto de segurança empresarial que funciona:

  1. Segurança na portaria e controle de acesso.
  2. Equipamentos de monitoramento visual.
  3. Equipamentos de alarmes.
  4. Segurança no rastreamento de veículos.

Segurança na portaria e controle de acesso

Quando se fala em segurança corporativa, o primeiro ponto de atenção é volume de acesso de pedestres (colaboradores, visitantes e funcionários), carros, motos e veículos de carga. A equipe de controle de acesso deve estar treinada para lidar com o fluxo da entrada e saída. Bem como deve saber aproveitar os benefícios da tecnologia em favor da segurança. Entre eles, biometria, reconhecimento facial, leitura de placas, tags veiculares e cartões de proximidade (RFID) são os mais avançados.

A biometria ganha mais espaço a cada dia, tanto nos projetos de segurança empresarial como nos condomínios residenciais. Através do reconhecimento da impressão digital é possível liberar o acesso e exibir ao controlador todas as informações do pedestre, o que ajuda a prevenir invasões de estranhos.

A partir da biometria, câmeras com reconhecimento facial agilizam ainda mais o trabalho da portaria. Ao se aproximar da câmera instalada na porta, o pedestre é reconhecido e seus dados são exibidos para o vigilante. Além de pedestres, o sistema pode ser capaz de reconhecer placas de veículos e tags veiculares. Esse recurso também facilita o reconhecimento nas entradas de veículos. Saiba mais sobre essa tecnologia aqui.

Os recursos mais conhecidos continuam em operação e sua importância dentro do projeto de segurança corporativa permanece intacta. Cartões de acesso ainda funcionam com catracas e portas, que são fabricadas com funções cada vez mais inteligentes, podendo, por exemplo, liberar a passagem de um colaborador assim que sua face é reconhecida pela câmera.

Segurança corporativa com monitoramento por imagem (CFTV e reconhecimento facial)

Essa deve ser a área de maior avanço tecnológico dos últimos anos. As câmeras de monitoramento ganham performance a cada atualização, o que melhora a qualidade das imagens geradas e facilita o acompanhamento visual. Além disso, os recursos de reconhecimento facial e leitura de placa veicular podem estar presentes em qualquer ponto de observação com câmeras. Essa possibilidade permite reconhecer cada pessoa que circula pela área interna da empresa.

Monitoramento de alarmes

A segurança com monitoramento por alarme normalmente é a opção mais lembrada quando se fala em segurança corporativa. Um sistema confiável que avisa uma central de monitoramento, no caso de qualquer problema, pode minimizar transtornos. Ao ser acionada, a central de monitoramento deve colocar em prática os procedimentos operacionais pré-definidos de segurança e prevenção de danos. Por isso, a escolha da empresa de segurança que implanta o sistema de alarme deve ser criteriosa.

Rastreamento de veículos

O serviço de rastreamento permite que a localização do veículo seja acompanhado à distância pelo próprio cliente. No caso das empresas, toda a frota pode ser rastreada via web, com celular ou tablet, colaborando com a rotina da empresa e mantendo o bom funcionamento da estratégia de segurança corporativa.

Em geral, os recursos tecnológicos melhoram continuamente e é preciso acompanhar as novidades para decidir qual a melhor forma de aplicar cada ferramenta. É importante atentar-se não apenas ao serviço oferecido, mas à qualidade dos equipamentos empregados, que devem ser homologados por órgãos fiscalizadores que atestam sua qualidade. Pesquisar e conhecer sobre a empresa de segurança que implantará o serviço pode ser fundamental.

Não deixe de consultar um especialista, que vai ajudar a analisar os problemas na segurança e suas soluções.A Haganá disponibiliza um guia de Segurança Eletrônica, acesse para saber mais sobre o assunto e equipamentos.

Segurança corporativa: conheça os principais recursos tecnológicos
Avalie a postagem!
Publicado em: 13 de março de 2018

Arte por Allure e Programação DGAZ Agência de SEO