Facebook

Furto e roubo de veículo: como proteger o seu bem?

Furto e roubo de veículo: como proteger o seu bem?

Para muitas pessoas, ter um veículo não é só uma questão de conforto, mas sim de necessidade. Seja para buscar o filho na escola, chegar no trabalho mais rápido e até mesmo em emergências, pegar um carro por aplicativo ou transporte público é inviável. 

Dessa forma, o carro, e até mesmo a motocicleta, acabam fazendo parte da família, com todos os seus cuidados e gastos como manutenção, combustível e claro, segurança. 

Contudo, infelizmente, é cada vez mais comum presenciarmos nas ruas, em plena luz do dia, furto e roubo de veículos que deixam muitas famílias no prejuízo, tanto financeiro quanto em suas rotinas. 

E, por muitas vezes, o veículo pode até não ser o foco principal dos criminosos, mas sim os bens de valores que estão ali e que são mais “simples” de serem subtraídos. 

Porém, de uma forma ou de outra, é interessante que você tenha orientações valiosas para proteger o seu patrimônio e, mais ainda, a sua vida.

Neste conteúdo, daremos as principais dicas que você deve seguir para evitar ser vítima de furtos e roubos ao seu veículo.

Mas antes, é necessário entender como o cenário de roubos e furtos de veículos se desenha em São Paulo, a metrópole com maior número de habitantes do país.

Cenário de roubo e furto de veículos em São Paulo

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, houve uma alta de 28% em furtos e roubos de veículos no estado nos oito primeiros meses de 2023, em comparação ao mesmo período de 2022.  E a maioria das ocorrências, cerca de 61%, aconteceram na capital paulista, que possui aproximadamente 19 milhões de veículos.

Cerca de 86% deles foram furtados (quando há a subtração do item, sem ameaça ou a violência) e 14% foram roubados (sob ameaça violenta).

E, além dos furtos e roubos de veículos, uma tendência infeliz que cresce a cada dia mais, não só em São Paulo como em várias capitais do Brasil, é os criminosos depredarem o carro para pegar algum objeto de valor que fica à mostra. 

Contudo, quando falamos em segurança pessoal e patrimonial, quanto mais práticas de segurança forem adotadas, menores são as chances de você ou o seu veículo serem alvos.

Pensando nisso, criamos um guia com orientações para que você não seja vítima de furto ou roubo de veículo.

10 dicas para não ser vítima de furto e roubo de veículo 

1 – Não deixe objetos de valor à mostra dentro do veículo

Como vimos, em alguns casos o veículo em si não é o foco dos criminosos, mas sim o que tem dentro dele. 

É o caso dos smartphones que frequentemente são alvos de criminosos, por ficarem expostos em painéis de carro e por sua iluminação permitir que o criminoso tenha um “ataque mais assertivo”. 

Dessa forma, é imprescindível não deixar itens de valores à mostra no interior do carro: celular, computadores, carteiras, itens pessoais, etc.

Se precisar de orientação do GPS, o mais recomendável é optar por aqueles próprios para veículos, que ficam fixados no painel do carro e são mais difíceis de sair.

2 – Opte por películas mais escuras nas janelas laterais

Dificultar é a palavra-chave para evitar ser alvo de furto ou roubo de veículos. É por isso que as películas mais escuras nas janelas laterais podem ser uma boa opção para atrapalhar a visão de quem está de fora. 

Contudo, é importante se atentar que a legislação de trânsito determina que as película das laterais devem ter, no mínimo, 28% de transparência.

A aplicação de películas antivandalismo se tornou, também, um serviço bastante procurado pelos motoristas que querem se proteger e proteger seu patrimônio. 

Esse tipo de produto tende a ser mais resistente às tentativas de vandalismo e pode evitar danos ao seu veículo e furtos aos seus bens.

3 – Tenha cuidado com as janelas abertas em regiões perigosas

Ainda falando em janelas, é comum que, em dias mais quentes, milhares de pessoas fiquem com as janelas abertas para ter mais circulação de ar. Contudo, muitos criminosos aproveitam essa brecha, literalmente, para colocarem a mão no painel e levar o que tem dentro do carro. 

Dessa forma, para evitar furto ao seu veículo, evite deixar a janela aberta, principalmente nos momentos de parada nos semáforos e fique alerta ao redor.

Lembrando que dirigir e mexer no celular acarreta multa gravíssima e soma sete pontos na carteira.

LEIA TAMBÉM: A importância da segurança no trânsito!

4 – Redobre a atenção ao estacionar

Muitos crimes acontecem também no momento de estacionar, onde criminosos aproveitam o foco do motorista na manobra para atuar. 

Por isso, é interessante optar por estacionar em áreas bem iluminadas e movimentadas, onde você consiga ter uma boa visão da rua e detectar movimentações suspeitas. Sempre que possível, e se for um local desconhecido, prefira estacionamentos vigiados.

5 – Evite ficar dentro do carro parado

Você sabia? Evitar permanecer dentro do carro parado é uma medida preventiva contra o furto e roubo do veículo por diversos motivos. 

Primeiramente, quando o carro está parado, especialmente em locais de estacionamento, os criminosos podem ter mais tempo para observar e planejar o roubo. 

Além disso, estar dentro do carro pode dificultar sua capacidade de reação caso um assalto ocorra. Os criminosos podem abordá-lo diretamente ou ameaçá-lo, colocando sua segurança em risco. 

Portanto, é mais seguro sair do veículo e buscar um local seguro em caso de suspeita de atividade criminosa.

6 – Redobre a atenção ao sair e chegar em casa

Se para estacionar nas ruas você precisa ter cautela, ao chegar ou sair de casa o cuidado deve ser redobrado. Isso porque muitas quadrilhas são especializadas em acompanhar a rotina das pessoas para agirem na “hora certa”. 

E, em muitos casos, essa brecha acontece na hora que você sai ou chega em casa com o seu veículo, que eles aproveitam para roubar ou furtá-lo… ou pior: invadir a sua residência.

Portanto, ao chegar em casa, observe se há atividades suspeitas nas proximidades e evite permanecer dentro do veículo por muito tempo. 

Já ao sair de casa, certifique-se de que está trancada e que não haja intrusos nas imediações. Se você tiver câmeras de monitoramento inteligentes, é possível verificar a movimentação da rua e arredores antes de sair.

Esteja atento a qualquer pessoa ou veículo desconhecido seguindo-o. Essas precauções adicionais podem ajudar a evitar situações de risco e garantir sua segurança e a de sua propriedade.

LEIA TAMBÉM → Segurança Residencial: o que a sua residência precisa para ficar mais protegida?

7 – Nunca deixe a chave na ignição 

Pode não parecer, mas algumas atitudes simples, podem, sim, ter como consequência o furto ou roubo do seu veículo. Um exemplo disso é quando os motoristas acabam deixando a chave na ignição, com o argumento de que só vão em um local “rapidinho” e já voltam. 

Porém, esse curto espaço de tempo para você, pode ser o tempo suficiente para bandidos aproveitarem e furtarem seu carro sem qualquer esforço, principalmente se ele não seguir essa outra recomendação aqui…

8 – Conferir, mais de uma vez, as trancas e alarmes do veículo

Conferir mais de uma vez as trancas e alarmes do veículo é uma prática importante para garantir sua segurança contra furto e roubo. 

Verificar se as portas estão devidamente trancadas e os alarmes ativados reduzem as chances de acesso não autorizado ao veículo. 

Esse cuidado adicional pode evitar transtornos e prejuízos causados ​​por tentativas de roubo. Portanto, ao sair do veículo, certifique-se sempre de que todas as medidas de segurança estejam em funcionamento, proporcionando uma camada extra de proteção ao seu bem.

9 – Contar com um sistema de rastreio veicular moderno

E se você pudesserastrear o seu veículo de qualquer ponto? Essa é a proposta dos equipamentos de rastreamento veicular, em que é possível acompanhar o veículo via web, celular ou tablet, garantindo a proteção das pessoas mais importantes de sua vida.

Essa solução é útil tanto para o seu dia a dia, tendo a certeza de que seu veículo está em um caminho seguro, tanto em momentos infelizes onde os criminosos conseguem levar o seu carro. 

Dessa forma, tendo um rastreador, as autoridades conseguem identificar rapidamente o paradeiro do veículo e ter uma resposta rápida!

10 – Faça um seguro automóvel

Já imaginou passar por um furto ou roubo do seu veículo e não ter nada nem ninguém para te dar um suporte que você precisa? Infelizmente essa situação é frequente, principalmente para quem escolher não ter um seguro automóvel.

Porém, ter um seguro não é apenas conforto, mas também uma questão de necessidade para não sair no prejuízo! 

Primeiramente, ele oferece tranquilidade ao proprietário, pois em caso de roubo ou furto, o seguro pode cobrir os prejuízos financeiros significativos. 

Além disso, em muitos casos, o seguro contra roubo também cobre danos causados durante a tentativa de furto. Isso garante que você, proprietário, não precise arcar com os custos de reparação do veículo. 

Em situações em que o veículo é roubado e não recuperado, o seguro pode oferecer indenização ou substituição do veículo, minimizando o impacto financeiro para o proprietário. 

Ou seja, ter um seguro de automóvel contra furto e roubo também é uma exigência legal em muitos países, garantindo que o proprietário esteja em conformidade com as leis de trânsito.

Quer conhecer um seguro de automóvel de uma empresa que te proteja por completo? Conheça a Haganá Corretora de Seguros

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Filhos Seguros, pais tranquilos – Câmeras de monitoramento

Entenda como sistemas eletrônicos podem contribuir para a segurança e tranquilidade dos seus filhos e sua família. Para os pais .

Vai a algum evento? – Segurança pessoal

Festas e eventos são sempre divertidos, e é nos momentos de distração que criminosos aproveitam para agir. Sejam em casa noturnas, .

Somos todos responsáveis pela Segurança no Condomínio

Morar em condomínio requer jogo de cintura e respeito no relacionamento entre funcionários e moradores, além disso, as regras e .

Comentários

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!

  +  52  =  55

SOLICITE UMA PROPOSTA