Google ads

Inteligência artificial na segurança do condomínio

  • 11 de outubro de 2018
  • Inteligência artificial na segurança do condomínio

    A aplicação da inteligência artificial na segurança é a bola da vez quando se fala em tendências tecnológicas. Depois do desenvolvimento de diversos recursos que otimizam o cuidado com a segurança em condomínios e empresas, o próximo passo é ampliar a atuação dos sistemas que controlam esses dispositivos.

    Mas o que é inteligência artificial?

    Inteligência artificial é o desenvolvimento de sistemas que simulam a capacidade humana de adquirir conhecimento e aplicar esse conhecimento na prática. Hoje em dia está sendo aplicada de diversas formas para melhorar a experiência de clientes em mercados como telemarketing, atendimento online, educação, saúde e também na segurança.

    Na prática, o sistema utiliza um dispositivo, por exemplo uma câmera, para captar informações, armazená-las e aprender com a informação armazenada, enriquecendo a experiência. É o chamado “Deep learning”. Um exemplo de aplicação que está em nosso dia a dia são os chats online com “robôs”, que conversam com o cliente como se fossem pessoas reais.

    A aplicação da inteligência artificial também já chegou nas residências. A Internet das coisas invadiu as casas e hoje é possível controlar toda a sua casa com o celular.

    A Internet das coisas chegou para ficar

    Tão importante quanto a inteligência artificial, a internet das coisas (originalmente Internet of Things ou simplesmente IoT), é a capacidade de conectar aparelhos na internet para que recebam informações de uso e otimizem seus processos a cada dia. Por exemplo, as cidades inteligentes utilizam semáforos que informam uma central sobre o fluxo daquela avenida e, com o tempo, se adequam à necessidade daquele cruzamento para otimizar o tempo dos motoristas. É a tecnologia a favor do bem estar!

    Da mesma forma que os semáforos podem “aprender”, os dispositivos de segurança também ficam mais inteligentes. Após a popularização da biometria e das câmeras com reconhecimento facial e veicular, os sistemas avançam para integrar as informações captadas no momento com os dados históricos, armazenados no sistema de vigilância. Assim, controle de acessos e monitoramento de locais com grande movimento se torna uma tarefa mais simples e até automática.

    Como melhorar a segurança com a IA

    Sistemas como o Sigah, por exemplo, já utilizam a inteligência artificial a favor da segurança. Com ele, os dispositivos são capazes de reconhecer a pessoa e tomar uma ação, como por exemplo, liberar a passagem para aquela pessoa que já está cadastrada. Ou então, avisar o controlador de acesso que é necessário fazer um novo cadastro.

    Um sistema de segurança que utiliza inteligência artificial ainda pode ser capaz de liberar acessos específicos dentro de uma empresa, controlando o fluxo em áreas restritas e reconhecendo visitantes que já visitaram o local. Uma forma inovadora de otimizar a redução dos riscos.

    Outras soluções podem ser agregadas para alcançar um nível maior de segurança: portaria remota, rondas e um treinamento constante da equipe para atualizar seus conhecimentos das ferramentas utilizadas, por exemplo.

    A inteligência artificial é uma forte aliada na melhora dos serviços de segurança para condomínios, ampliando a cada dia sua capacidade de aplicação e operação. Vale a pena conhecer.

    TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

    O controle de acesso é uma preocupação existente em todos os condomínios, sejam eles residenciais
    Os avanços da tecnologia trouxeram vantagens àqueles que buscam os benefícios de uma vida sem
    No intuito de proteger bens pessoas e patrimoniais, muitos condomínios e empresas contratam equipes de
    SOLICITE UMA PROPOSTA